Pontos Turísticos

O Município de São José do Norte é caracterizado por sua arquitetura histórica colonial portuguesa, onde casarões antigos e seculares se encontram estampados pelas ruas da cidade. Aqueles que prestigiam a chamada "Mui Heróica Villa", têm diferentes opções para se divertir, ampliar o conhecimento e apreciar as belezas naturais como a Praia do Mar Grosso, Molhe Leste, Barra, a localidade do Estreito e o Museu do Combate Farroupilha no Instituto Histórico e Geográfico de São José do Norte.

Os turistas que fazem a travessia entre Rio Grande e São José do Norte podem, ainda, desfrutar de uma bela paisagem da Lagoa dos Patos. São trinta minutos de uma viagem marítma inesquecível, com paisagens da Cidade do Rio Grande e a chegada em São José do Norte, onde se descortina a beleza da costa nortense mostrando por inteiro a cidade que tem ao fundo as centenárias torres da Igreja Matriz.

Localizada na Praça Intendente Francisco José Pereira, a Igreja Matriz São José foi construída em 1840 e teve sua inauguração em 1860. No início o nome da Matriz era Nossa Senhora dos Navegantes, algum tempo depois passou a chamar-se Igreja Matriz de São José e em 1875 recebeu a imagem da Nossa Senhora dos Navegantes vinda da Bahia. A primeira missa foi rezada pelo Vigário Francisco Rodrigues e pelos Padres José Joaquim Teixeira e José Antonio de Almeida Silva.

Belezas Naturais de São José do Norte

Imagens que retratam a beleza simples de São José do Norte, com seus prédios históricos e o espelho d’água, sempre visível a quem chega ou sai da Cidade, através do transporte aquaviário. Aqui, a beleza do pôr do sol está para todos, adornando a travessia dos passageiros e encantando aos que simplesmente o admiram junto à Laguna do Patos.

Molhes da Barra

Visão aérea dos molhes leste e oeste, às margens dos municípios de São José do Norte e Rio Grande, com barcos de pesca a navegar em sua grandiosidade.

Molhe Leste

O descanso do leão marinho nos Molhes encanta os visitantes, que admiram a preguiça destes simpáticos habitantes ao deleitar-se com o calor do sol e a brisa do mar.

O Encontro das Águas

O lugar onde o sal do mar se encontra com a água doce da Laguna dos Patos mostra a perfeição da natureza nesta linda imagem do Molhe Leste.

Ponto turístico, local de pesca e monumento da engenharia, foi construído entre 1911 e 1916, conta com aproximadamente quatro milhões de toneladas de pedras em ambos os molhes. O Leste tem extensão de 4,2 quilômetros e o oeste de 3,1 quilômetros.

Barrinha do Estreito

Local aprazível e bucólico, onde a água doce da Laguna dos Patos corre para o mar, seguindo pela margem da floresta de pinus, que serve de abrigo aos visitantes.

Praia do Mar Grosso

O balneário, com suas águas claras e ambiente calmo, propicia lazer e descanso aos que valorizam a beleza natural de um local onde o que se vê é a imensidão do mar e o que se ouve são as ondas quebrando na areia.

Praia do Barranco

Balneário de água doce, às margens do Município, oferece aos visitantes seus bancos de areia, onde se pode usufruir da calmaria da Laguna dos Patos, contemplando lindo pôr do Sol.

Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem

A pedra fundamental foi lançada em sete de novembro de 1848 e a Igreja foi entregue à comunidade em 28 de fevereiro de 1851. O nome expressa homenagem dos trabalhadores do mar, que cruzavam a “barra indomável”, na fé de superar os obstáculos de suas idas e vindas, sob a proteção de Nossa Senhora da Boa Viagem.

Farol

O Atalaia, primeiro farol construído no Rio Grande do Sul, localiza-se na Barra, entre a Laguna dos Patos e o Oceano Atlântico, próximo à Igreja da Boa Viagem.

Dunas

As dunas de areias brancas e o Oceano Atlântico, que emolduram os barcos ancorados, transmitem a exata noção da beleza deste lugar, criando um ambiente singelo e vasto.

Barcos de Pesca

Atracados na Laguna dos Patos, os barcos de pesca, associados às estruturas para captura do camarão, compõem um cenário original e romântico.