Notícias

01/12/2017 - 12:59 | Editado em: 04/12/2017 - 10:43

Música, cores e ritmos deram o tom no Cultura Afro

Imagem Notícia

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) foi inundada pela história, que passou de geração em geração, na última quarta-feira (29) com as atividades do Cultura Afro; evento promovido em alusão ao mês da consciência negra. Homens e mulheres, crianças e idosos; todos, sem distinção alguma, fizeram de um trecho da Rua General Osório um espaço de valorização da matriz africanista perante a comunidade de São José do Norte.

Alunos da rede municipal de ensino foram os primeiros a ter contato com as manifestações artísticas através do teatro. Uma infante fada negra conversou com os presentes sobre a importância da igualdade entre todos; independentemente da cor da pele de cada um. Dentro do prédio da Smec eram ministradas as oficinas de abayomi e máscaras africanas para olhos atentos e ouvidos despertos dos nortenses participantes.

Qualquer pessoa que por ali passasse também perceberia que o pequeno tablado disposto no centro da cidade se tornou um grandioso palco para que o movimento das danças circulares e o desfile com trajes típicos encantassem em pouco tempo o observador mais criterioso. No mesmo local o Grupo Recôncavo encerrou o evento com uma apresentação de capoeira – representação cultural desportiva que mistura dança, luta e música através dos movimentos.

Deseja procurar outra Notícia?